quinta-feira, março 22, 2007

Suicídio

a poesia, é suicídio?
depressão crescente no estado vigoroso
caminha para a morte sem perguntar porquê.

estas palavras, são suicídio?
recalcamento inconsciente vivo na tinta,
no papel e em todas as letras do alfabeto.

a tua presença, é suicídio?
se não fizesse da minha pele um arrepio,
esta pergunta deixava de fazer sentido.

repito: a poesia é suicídio?
desgosto de questões irritantes,
quanto mais de irritação a dobrar.
silêncio.

pensar nisto, é suicídio?
outra vez silêncio, no pensamento
não preciso de falar.

a vida passar ao lado, é suicídio?
silêncio imortal:
matei-me.


HUGO SOUSA
22 Março 2007

1 comentário:

Cruel_Cradle disse...

Suicídio é a própria vida, meu caro. Um jogo de questões que nos transcendem, avivam e matam...
Poesia é um todo, nós somos um todo. Sendo um todo, tudo é suicidio, nesse jogo que é a Vida e a Morte.